UA prossegue investigação sobre assédio sexual na organização

UA prossegue investigação sobre assédio sexual na organização

A comissão de inquérito criada em Junho passado pelo presidente da Comissão da União Africana (CUA), Moussa Faki Mahamat, para investigar sobre alegações de assédio sexual entre membros do seu pessoal “continua o seu trabalho”.


Registe-se como Assinante ou inicie a sua sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta