Mestre Kamosso é homenageado hoje a título póstumo pelo projecto Abadá Capoeira no Elinga

Mestre Kamosso é homenageado hoje a título póstumo pelo projecto Abadá Capoeira no Elinga

Exímio executante do instrumento musical hungu, falecido em 2017, aos 90 anos, Kamosso influenciou diferentes gerações, contribuindo assim para o surgimento de grupos folclóricos como Jovens do Hungu, Idimakaji, Semba Muxima e Ilundus.


Registe-se como Assinante ou inicie a sua sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta