Migrantes que entraram em Ceuta reencaminhados para Marrocos

O sonho de estar em terreno da União Europeia acabou cedo para os 116 migrantes que conseguiram entrar em Ceuta esta terça-feira. Os refugiados da África subsariana tiveram de regressar a Marrocos. A operação acontece depois do grupo de refugiados ter usado armas químicas e . . .


Registe-se como Assinante ou inicie a sua sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta