Nova lei reduz assinaturas para legalização de igrejas

Nova lei reduz assinaturas para legalização de igrejas

O Executivo angolano pondera reduzir o número de assinaturas necessárias para a constituição de uma confissão religiosa no país. A redução será feita à luz da proposta de Lei sobre a Liberdade de Religião, Crença e Culto a ser analisada hoje na 8ª sessão do Conselho de Ministros, na cidade do Huambo, sob presidência de João Lourenço.


Registe-se como Assinante ou inicie a sua sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta