Angola e RDC discutem passe para as “meias” do Afrobasket

Apesar das dificuldades por que passou para chegar ao palco do Afrobasket em sub-18 na cidade de Bamako, no Mali, a Selecção Nacional masculina discute hoje uma vaga para as meias-finais. O cinco nacional, motivado pela forma como está a jogar, defronta a República Democrática do Congo (RDC), às 14:30.

Os angolanos, campeões em título, ficaram em segundo lugar no grupo B. Por sua vez, a República Democrática do Congo foi o terceiro classificado da série A com oito pontos. Por não ser teoricamente um adversário do seu campeonato, o cinco angolano entra para vencer a partida. Ao que parece, o técnico Manuel Silva “Gi” estuda as fraquezas dos congoleses e prepara uma equipa a altura. Os congoleses são mais robustos, mas lentos na recuperação, sendo que o técnico entrará com uma equipa mais rápida nas transições. “A equipa está moralizada e quer mais uma vitória esta tarde, porque foi definido assim antes do campeonato”, adiantou Manuel Silva “Gi” aos jornalistas. Para o seleccionador nacional, a vantagem teórica mede-se fora do campo, por isso respeita os congoleses. Aliás, as outras equipas africanas estão a trabalhar e a fazer fortes apostas nas camadas jovens. Manuel Silva, embora tenha decidido deixar o seu cargo antes de partir, encara o Afribasket com o mesmo sentimento patriótico.