Anciãos e militantes da primeira linha da FNLA exigem demissão de Lucas Ngonda

Anciãos e militantes da primeira linha da FNLA exigem demissão de Lucas Ngonda

Mais de 300 militantes da Frente de Libertação Nacional (FNLA), vindos das 18 províncias do país, estão concentrados defronte à sede do partido no Bairro Popular, para exigirem a destituição do actual presidente, Lucas Ngonda, da liderança do partido.

Texto de: José Kaliengue


Registe-se como Assinante ou inicie a sua sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta