loader

Detida na Grécia nadadora que ajudou a salvar 18 refugiados em 2015

Sara Mardini está detida na prisão de alta segurança Korydallos, acusada de contrabando, espionagem e participação em organização criminosa. Defesa diz que estava apenas a ajudar numa ONG de apoio a refugiados.

As irmãs Sara e Yusra Mardini saltaram para as luzes da ribalta em 2015, quando deixaram a Síria como refugiadas. Para sair da Turquia e chegar à ilhas de Lesbos, na Grécia, as duas irmãs nadadoras puxaram um barco com 18 refugiados a bordo depois de o motor ter falhado durante a travessia.Sendo ambas nadadoras de elite, Yusra acabou mesmo por participar nos Jogos Olímpicos do ano seguinte, no Rio de Janeiro, integrando a equipa de refugiados

Últimas Notícias