General Nunda ilibado e mandado em liberdade

General Nunda ilibado e mandado em liberdade

O ex-chefe do Estado Maior das Forças Armadas Angolanas Geraldo Sachipendo Nunda foi ilibado do crime de burla contra o Estado no processo crime  que  envolve cidadãos angolanos e estrangeiros. Num comunicado enviado  às    redacções, o Tribunal Supremo ordenou a aplicação da medida de coac . . .


Registe-se como Assinante ou inicie a sua sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta