loader

agricultura recebeu mais de Kz 16 milhões da adra

O dinheiro disponibilizado pela aDra será aplicado na província de Malanje, uma das potências do sector agrícola ao nível do país. O valor vai impulsionar a produção

Dezasseis milhões de Kwanzas é o valor financiado pela ADRA-Antena Malanje, em 2017, no município de Calandula, para o desenvolvimento de 16 projectos agrícolas. O valor serviu para o aumento da produção e melhoria das condições de vida das comunidades, avançou o coordenador local da ADRA, Gomes Américo, quando falava à margem do XIX Encontro Municipal das Comunidades.

A par do financiamento, a ADRA em Calandula procedeu à entrega de sementes de hortícolas, para diversificar a produção e formou vários camponeses em matéria de práticas agrícolas, que tiveram impacto positivo na vida dos mesmos e das respectivas famílias. Tendo em conta estes resultados, a ADRA vai continuar a prestar particular atenção às comunidades rurais, disse. Ainda este ano, a organização prevê financiar dois projectos comerciais e um agrícola, cujos valores estão em análise.

A ADRA pretende alargar o seu raio de acção ao nível do município de Calandula, com realce para a comuna do Cuale. O XIX Encontro das Comunidades de Calandula contou com a participação de membros da
administração municipal, representantes das direcções municipais da Educação e Saúde, autoridades tradicionais, Polícia Nacional, associações e cooperativas de camponeses e quadros da ADRA.

A actividade visou analisar o trabalho da ADRA realizado com as comunidades no período 2017/18, as políticas públicas de apoio ao desenvolvimento local, a problemática de terras nas comunidades rurais e o processo de criação das autarquias em Angola.

O encontro municipal das comunidades da ADRA é um espaço de auscultação dos cidadãos que visa a recolha de opiniões para as boas práticas sobre o desenvolvimento sustentável local, com o envolvimento de membros de vários estratos sociais. A agricultura é um dos sectores eleitos pelo Executivo no processo de diversificação da economia, redução das importações, fomento das exportações, redução da fome e da pobreza. Apesar disso, o sector ainda clama por muitos investimentos, uma vez que grande parte dos bens consumidos no país ainda são importados.

Sobre a ADRA

A Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais é uma agência humanitária que surgiu com o propósito de arrecadar mantimentos, roupas e remédios para os flagelados de guerras, desastres naturais e outras catástrofes.

Últimas Notícias