É para rir ou para chorar?

É para rir ou para chorar?

Não sei se me coloco em situação de co-sofredor com a ministra do Turismo e lhe dou todo o meu apoio porque a tarefa dela é quase impossível, se a aconselharia a desistir, ou se, antes, a critique.

POR: José Kaliengue

Ontem, a ministra, que . . .


Registe-se como Assinante ou inicie a sua sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta