Executivo extingue plataformas ecuménicas

Executivo extingue plataformas ecuménicas

O Executivo angolano extinguiu as plataformas ecuménicas no país, numa medida que visa normalizar o exercício da liberdade da religião, crença e culto previsto na Constituição da República.Tal determinação vem expressa no Decreto Executivo Conjunto 01/2018, dos Ministérios do . . .


Registe-se como Assinante ou inicie a sua sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta