Separatistas anglófonos atrapalham eleições nos Camarões

Separatistas anglófonos atrapalham eleições nos Camarões

Os separatistas das regiões anglófonas dos Camarões cumpriram as suas ameaças de perturbar, neste Domingo (7), a eleição presidencial em que o presidente Paul Biya, de 85 anos, é favorito. Três homens armados, supostos separatistas, que agiram contra transeuntes em Bamenda, na região anglófona do noroeste do país, foram mortos após uma troca de tiros com a Polícia. Na madrugada deste Domingo, na mesma cidade, um tribunal foi incendiado por homens armados, segundo testemunhas. Em Buea, no sudoeste, outra região anglófona, tiros foram ouvidos por jornalistas da AFP. Os disparos foram efectuados contra um veículo do jornal governamental Cameroon Tribune e contra o do vice-prefeito, mas não fizeram feridos.


Registe-se como Assinante ou inicie a sua sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta