Carta do leitor: Se nem a Polícia ajuda, vamos fazer como?

Carta do leitor: Se nem a Polícia ajuda, vamos fazer como?

No Sábado passado fui numa praça comprar uns artigos para oferecer à família. Espanto. Tudo subiu! É verdade que já não ia à praça há muito tempo, fiquei sem margem de manobra e recuei para tentar noutro sítio, e até agora ainda . . .


Registe-se como Assinante ou inicie a sua sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta