Procurador-geral da Venezuela reitera que líder opositor se suicidou

Procurador-geral da Venezuela reitera que líder opositor se suicidou

O procurador-geral da Venezuela, Tarek William Saab, reforçou hoje a informação das autoridades de que o líder opositor Fernando Albán cometeu suicídio, após a oposição acusar o regime de o ter assassinado.

De acordo com Saab, que falou à televisão . . .


Registe-se como Assinante ou inicie a sua sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta