ONU pede à Venezuela investigação sobre morte de opositor

ONU pede à Venezuela investigação sobre morte de opositor

O Alto Comissariado de Direitos Humanos da ONU pediu, nesta Terça-feira, uma “investigação transparente” sobre as circunstâncias da morte do vereador opositor venezuelano Fernando Albán, que, segundo autoridades da Venezuela, matou-se durante a sua detenção.


Registe-se como Assinante ou inicie a sua sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta