Operação ‘Transparência’ afugenta mais de 180 mil congoleses

Operação ‘Transparência’ afugenta mais de 180 mil congoleses

Segundo o porta-voz da “Operação Transparência”, as autoridades apreenderam 31.742 pedras de diamantes, avaliadas em 1.804 quilates, e encerraram mais de 120 casas de compra e venda de diamantes. A Polícia Nacional anunciou esta Terça-feira a “saída voluntária” de Angola de 180.802 cidadãos da República Democrática do Congo (RDC), maioritariamente envolvidos na prática de garimpo de diamantes na província da Lunda- Norte.


Registe-se como Assinante ou inicie a sua sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta