Cabos roubados em Laúca seriam comercializados na Holanda e Inglaterra

Cabos roubados em Laúca seriam comercializados na Holanda e Inglaterra

O director do Aproveitamento Hídrico de Laúca, Estevão Elias, garantiu, em exclusivo a OPAÍS , que o furto das bobinas, que pesam entre 200 a 300 quilogramas cada, não prejudicou o trabalho da sua equipa, pelo facto de que as mesmas fazerem parte dos produtos que se encontravam em estoque no armazém.


Registe-se como Assinante ou inicie a sua sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta