Preparador físico queixa Kabuscorp na FIFA

Preparador físico queixa Kabuscorp na FIFA

Eduardo Ramon, que assinou contrato de um ano com a formação da Rua F, em Luanda, para o Girabola Zap 2017, não vê os cerca de cinco milhões de kwanzas, depois de já ter cumprido as suas obrigações laborais.


Registe-se como Assinante ou inicie a sua sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta