Editorial: Simplesmente nojento

Editorial: Simplesmente nojento

Impossível acreditar, é o mínimo que se pode dizer. A imagem deixada pelo árbitro do jogo de futebol de ontem entre o Espérance de Tunis e o Primeiro de Agosto é um pouco a mesma imagem-símbolo do desespero do continente africano noutros . . .


Registe-se como Assinante ou inicie a sua sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta