Príncipe saudita rompe silêncio no ‘doloroso’ caso Khashoggi

Príncipe saudita rompe silêncio no ‘doloroso’ caso Khashoggi

O príncipe herdeiro da Arábia Saudita, Mohammed bin Salman, prometeu na Quartafeira que os assassinos de Jamal Khashoggi seriam levados à justiça, nos seus primeiros comentários públicos desde que o assassinato do jornalista provocou condenação internacional. O príncipe Mohammed disse numa importante conferência de investimentos em Riad que a Arábia Saudita e a Turquia trabalharão juntas “para alcançar resultados” numa investigação conjunta sobre o assassinato. “O incidente que aconteceu é muito doloroso, para todos os sauditas ... O incidente não é justificável”, disse o príncipe herdeiro num painel de discussão.


Registe-se como Assinante ou inicie a sua sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta