Sánchez fala no “interesse de Espanha” para continuar a vender armas à Arábia Saudita

Sánchez fala no “interesse de Espanha” para continuar a vender armas à Arábia Saudita

Primeiro-ministro espanhol condenou “sem reservas” o assassínio do jornalista saudita Jamal Khashoggi, em Istambul, mas não vai seguir o apelo da Alemanha para boicotar venda de armamento à Arábia Saudita.


Registe-se como Assinante ou inicie a sua sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta