Brasil regista mais de 38 mil assassínios de janeiro a setembro

O Brasil registou 38.436 assassínios de janeiro a setembro, segundo um levantamento do portal de notícias G1, do Centro de estudos da Violência da Universidade de São Paulo (USP) e do Fórum Brasileiro de Segurança Pública.Apenas no mês de setembro foram registadas 3.721 mortes violentas no país.
Os dados levantados, porém, não contabilizam crimes ocorridos nos estados brasileiros do Maranhão e do Paraná, que não divulgam as informações referentes ao mês de setembro.
O estudo indica que em setembro foram cometidos 1,8 assassínios por cada 100 mil habitantes no Brasil.
O estado da Baía registou o maior número deste tipo de crime, com 401 ocorrências, 2,6 assassínios por cada 100 mil habitantes.
No entanto, em relação às mortes violentas por cada 100 mil habitantes, o estado com número mais elevado é Roraima, com 40 registos, correspondente a 7,5 assassínios.
No Rio de Janeiro, que tem uma intervenção federal na área de segurança pública desde o mês de fevereiro, ocorreram 396 assassínios em setembro, o que corresponde a 2,4 mortes por cada 100 mil habitantes.
O levantamento contabiliza assassínios, roubos seguidos de morte e lesões corporais seguidas de morte, que, juntos, compõem os chamados crimes violentos letais e intencionais.