Novo grupo de imigrantes salvadorenhos inicia viagem rumo aos EUA

Um novo grupo de cerca de 200 migrantes salvadorenhos iniciou neste Domingo (18) sua jornada até os Estados Unidos, na esperança de escapar das gangues e da crise econômica.

Os migrantes concentraram -se na Praça Salvador del Mundo, no sector oeste da capital, e de lá caminharam um quilômetro até um terminal onde embarcaram em três autocarros para a cidade de Sonsonate, 66 km a leste da capital.

Os migrantes, alguns levando crianças, asseguraram que em Sonsonate pegariam outro autocarro que os levaria a uma das fronteiras com a Guatemala.

“A verdade é que somos forçados, eu não quero sair do país, mas imagine o que eu faço sozinha com meus dois filhos, ninguém me ajuda, os gangues ameaçaram-nos, então é melhor irmos”, disse à AFP Cecilia Bonilla, 36 anos, que viaja com seus filhos Steven e Daniel de cinco e 13 anos, respectivamente.

Muitos dos salvadorenhos que neste domingo seguiram rumo aos Estados Unidos afirmaram para à imprensa que levam pouco dinheiro. Em 13 de Outubro, milhares de imigrantes hondurenhos saíram de seu país em uma caravana a caminho do solo norteamericano.

Depois dos hondurenhos, no final de Outubro, quase 2.000 salvadorenhos deixaram o país para fugir da falta de emprego e da violência de gangues, conforme são chamados os grupos criminosos que operam nos países da América Central.

Organizações da sociedade civil e a Igreja Católica salvadorenha pediram ao governo para atacar as causas que estão a causar imigrações maciças de cidadãos que buscam um futuro melhor no país.