Fundo de Investimento Norueguês investe USD 40 milhões no sector privado do país

O valor serviu para financiar projectos de empresas de diferentes sectores de actividade do país, desde a agricultura, gestão ambiental, comunicação e marketing assim como fábricas de blocos e de tratamento de resíduos sólidos

Angola Capital Partner (ACP), gestora dos fundos de inve s t imentos da Noruega, investiu cerca de USD 40 milhões em algumas províncias do país, durante os últimos 10 anos. A informação foi avançada em Luanda pelo director da ACP, Tiago Laranjeira, durante a apresentação de um relatório sobre o impacto económico e social, uma análise dos seus 10 anos de actividade no país. Segundo o responsável, esses investimentos foram efectuados nas províncias de Luanda, Zaire e Namibe, na qual geraram mais de 3 mil empregos, tendo avançado que o sector privado pode contribuir muito para o desenvolvimento da economia no país.

“Há necessidade de se apostar nas pequenas e médias empresas no sector privado para O valor serviu para financiar projectos de empresas de diferentes sectores de actividade do país, desde a agricultura, gestão ambiental, comunicação e marketing assim como fábricas de blocos e de tratamento de resíduos sólidos Há necessidade de se apostar nas pequenas e médias empresas no sector privado para gerar emprego e desenvolvimento económico” Brenda Sambo gerar emprego e desenvolvimento económico”, reforçou. De igual modo, frisou que o verdadeiro activo de Angola não é o petróleo nem o diamante, mas os milhões de angolanos que vivem no país.

Mais de mil empregos criados

Por sua vez, um dos representantes da Fazenda Girassol, e relações públicas da empresa, Constantino César, avança que o financiamento do ACP foi muito benéfico para o crescimento da Fazenda Girassol nos diferentes domínios. De acordo com o responsável que falou ao OPAÍS, com o financiamento do ACP a Fazenda Girassol, actualmente, passou dos quatro hectares de terra para os 226 hectares. Há oito anos a trabalhar na Fazenda Girassol o jovem ressalta que foi através deste financiamento que ele e outras mais de 1000 pessoas tiveram o primeiro emprego.

“ Hoje ocupo o cargo de relações públicas e técnico comercial, e com isso sustento a minha família graças ao investimento do fundo norueguês em Angola”, O relatório sobre a actividade do ACP em Angola, elaborado pela empresa EBS Advisory, destaca, entre outros assuntos, a contribuição para a segurança alimentar e substituição de importações através do investimento nos sectores da agricultura e da indústria pesqueira. Contribuição para a protecção ambiental nacional e sustentabilidade através do investimento no sector de gestão de resíduos, para a reconstrução nacional através do investimento na indústria dos materiais de construção, e para o crescimento da economia através da geração de receitas fiscais de cadeias de fornecedores e da criação de empregos indirectos.

Sobre ACP

Angola Capital Partners (ACP) é uma sociedade gestora de fundos de investimento que resulta de uma parceria entre o Banco Angolano de Investimentos (BAI) e a Norfund (Fundo de Investimento do Estado da Noruega para países em desenvolvimento). A missão do ACP é, através dos seus Fundos, criar alternativas de financiamento de médio-longo prazo para desenvolver o sector privado em Angola, nomeadamente as pequenas e médias empresas. Os referidos Fundos foram direccionado para seis pequenas e médias empresas, nomeadamente a Fazendo Girassol, AES (Angola Environmental Services), African Selection Trust, Betablocos, Big Media e Special Edition Holding.