Waldemar Bastos encerra 5ª temporada do “Show do Mês”

Os concertos estão marcados para os dias 7 e 8 de Dezembro e estão inseridos no projecto musical “Show do Mês”

O artista vencedor da edição 2018 do Prémio Nacional de Cultura e Artes, na categoria de Música, Waldemar Bastos, é a grande atracção do encerramento da 5ª temporada do projecto musical “Show do Mês”, uma iniciativa da produtora Nova Energia Waldemar Bastos é descrito pela crítica como um resistente da identidade nacional e um dos maiores vultos da cultura angolana, na diáspora, à semelhança de Bonga, que mesmo fisicamente distante do país de origem, mantêm a originalidade dos ritmos e tradições do povo.

É com este artista que a Nova Energia vira as baterias para mais um concerto inédito e memorável à dimensão de Waldemar Bastos, como reitera a organização, que regista o regresso do artista num contacto directo com o seu público de “cá”. O membro da organização Nelson Cantos fez saber que, uma vez mais, estão a ser criadas todas as condições, à semelhança dos concertos já realizados, para que os “showistas” vivam momentos agradáveis, de boa música e acima de tudo de grandes recordações. “É um concerto de grande responsabilidade, sem demérito obviamente para os já realizados e muito bem-sucedidos, embora o último fosse excepção à regra.

Todavia, continuamos a trabalhar de cabeça erguida para recebermos mais um artista angolano, que tem a particularidade de ter dimensão mundial e continua a cantar com alma”, apontou. Questionado sobre o balanço que se apraz fazer em relação a mais uma temporada que agora termina, o também responsável de comunicação da Nova Energia disse ser prematuro fazê-lo , porquanto falta ainda este por realizar e só depois deste concerto farão o balanço, bem como a projecção da próxima estação do projecto.

Reportório

Waldemar Bastos é conhecido pelo seu vasto e rico reportório, em que se destacam vários temas intemporais, que deverá revisitar em som acústico e intimista, onde aparece a música tradicional angolana, misturada com ritmos ocidentais: “Blues” “Jazz” e a “Pop”. Para preencher o reportório, o artista lançou um repto aos fãs, na rede social Facebook, que o ajudassem a escolher as preferidas para o “Show do Mês”. Entre as mais solicitadas, destacam-se “Velha Xica” (Xé minino não fala política), “Kuribôta”, “Rainha Ginga”, “Pitanga Madura”, “Ndapandula”, “Margarida”, “Olha a laranja”, “Marimbondo” e outras.

Reembolso

Por outro lado, Nelson Cantos informou que terminou na última semana o cadastramento para o reembolso dos valores, aos “showistas” que deixaram de assistir aos concertos dos dias 3 e 4 de Novembro, por falta de comparência do músico de cartaz, Matias Damásio. Com uma adesão na ordem dos 50 por cento, pois alguns quiseram compensar os prejuízos da produtora, os demais deverão ter de volta os valores dos bilhetes ainda nos próximos dias, por via de transferência bancária tal como solicitado aquando da catalogação. Entretanto, em relação ao caso que opõe a Nova Energia e a Arca Velha que representa o músico Matias Damásio, o responsável adiantou que o processo de renegociações está em andamento, e caso não se chegue a acordo, a questão poderá mesmo ver resolvida pelas instâncias judiciais.

O Projecto

O Show do Mês, que vai na quinta temporada, é um projecto musical que visa dar espaço aos artistas com menos oportunidades, tanto jovens como veteranos, velando sempre pela qualidade. No final de cada mês um ou mais artistas são seleccionados para subir ao palco. Vários músicos pisaram este ano o palco do “Show do Mês”, com destaque para Elias Dyá Kimuezo, Sam Mangwana e Paulo Flores. O projecto estreou em 2014, com a cantora Selda abrindo as hostilidades.