Cobrança coerciva da taxa de circulação rendeu mais de um 1 milhão de Kwanzas

Um milhão, 47 mil e 450 Kwanzas é o valor arrecadado pela Administração Geral Tributária (AGT), em Malanje, durante a fase da cobrança coerciva da taxa de circulação referente ao ano de 2017, que decorreu de 12 a 19 deste mês.

A referida campanha de cobrança coerciva foi realizada na via pública, envolvendo agentes da polícia de trânsito e funcionários da AGT, de acordo com o chefe da repartição fiscal de Malanje da segunda região tributária do país, Sebastião António.Os automobilistas que ainda não cumpriram com esta obrigação fiscal poderão fazê-lo até ao dia 14 de Dezembro sem qualquer multa e caso não o façam neste período poderão sofrer penalizações.

Durante a campanha, foram comercializados 190 selos, dos quais 55 para motociclos, 121 para viaturas ligeiras e 14 para viaturas pesadas, assim como foram aplicadas 17 notificações dos quais nove com pagamento, quatro sem pagamento e duas isenções. A província de Malanje recebeu 9 mil e 633 selos de taxa de circulação, referente a 2017, deste número quatro mil e 166 selos foram vendidos de Janeiro a Outubro deste ano, rendendo para os cofres do Estado 25 milhões, 330 mil e 800 Kwanzas.