Editorial: Quiçângua no lugar que merece

A nova bebida da Compal – a Qiçângua da Banda, está entre as novidades da terceira edição da Feira dos Municípios e Cidades de Angola (FMCA), que decorre de 21 a 24 deste mês, em Benguela, sob o lema “A vida fazse nos municípios”, promovida pelo Ministério da Administração do Território e Reforma do Estado. Uma boa notícia esta, da ANGOP, que nos remete, uma vez mais, para a necessidade de modernizarmos as nossas coisas, fundamentalmente a gastronomia, e que nos alerta para a necessidade de se fomentar a indústria transformadora no país, como meio de transformar os produtos do campo e fomentar a sua produção. É que além dos problemas do escoamento, reais, a nossa agricultura debate-se com o problema do “cliente-fábrica” que não existe. É preciso pensar-se nisso com urgência. Por outro lado, os nossos restaurantes perdem a desculpas de não terem uma boa e refrescante quiçângua para servir aos seus clientes.