Minjud esclarece constrangimento da delegação angolana em Gaberone

Depois de O PAÍS ter publicado na Quarta-feira, 5, uma matéria que dava conta que a delegação angolana que está a disputar os oitavos Jogos da SADC, vulgo, da Região 5, na cidade de Gaberone, Botswana, estava no exterior da Vila Olímpica, devido a falta de pagamento para acomodação da comitiva.

Hoje, uma fonte ligada ao Ministério da Juventude e Desportos (Minjud) esclareceu a este jornal que a situação aconteceu por dificuldades na transferência dos montantes destinados ao pagamentos do alojamento.

A mesma fonte garantiu que a situação foi totalmente resolvida depois de quarenta minutos.

Por essa razão, o Ministério da Juventude e Desportos pede aos treinadores, jogadores, bem como os dirigentes que acompanham a delegação as mais sinceras desculpas pelo momento difícil vivido naquela cidade.

Por outro lado, a fonte explicou que a ministra, Ana Paula Sacramento Neto, não foi acompanhar a delegação, mas sim participar na conferência dos ministros da região.

Para esta empreitada, Angola estará representada com nove modalidades, nomeadamente atletismo, atletismo adaptado, futebol, judo, natação, basquetebol, ténis, boxe e voleibol.