FIDA assegura USD 200 milhões para Agricultura e Pescas

O presidente do Fundo Internacional para o Desenvolvimento Agrícola (FIDA), Gilbert Fossoun Houngbo, anunciou ontem, Quinta-feira, um financiamento para Angola na ordem dos 200 milhões de dólares para os sectores das Pescas e da Agricultura.

O anúncio foi feito em Luanda no final de uma audiência que lhe foi concedida pelo Presidente da República, João Lourenço. Com essa acção, o FIDA pretende contribuir para a implementação do programa do Executivo de luta contra a pobreza e para o desenvolvimento das zonas rurais, por via da agricultura, das pescas e da pecuária. Gilbert Fossoun Houngbo está em Angola para avaliar o grau de execução dos programas do sector financiados pelo fundo.

A organização, criada a 30 de Novembro de 1977, desenvolve no país projectos avaliados em 250 milhões de dólares. Entre os projectos destaca-se o de apoio ao Desenvolvimento da Agricultura Familiar (SAMAP), em curso nas províncias do Cuanza-Sul e da Huíla, com um financiamento de 38,8 milhões de dólares, que beneficia 60 mil agricultores familiares. Deste valor, USD 28,8 milhões são financiados pelo fundo, 8,2 milhões de dólares pelo Governo angolano e 1,1 milhões de dólares de participação dos beneficiários.

Na tarde desta Quinta-feira, o Chefe de Estado angolano recebeu, também, em audiência o antigo senador japonês Tetsuro Yano, com quem tratou de questões ligadas à cooperação entre os dois países. O político nipónico disse que transmitiu um convite ao Presidente João Lourenço para visitar o Japão, em Agosto de 2019, e participar na Conferência Internacional de Tóquio para o Desenvolvimento de África (TICADD).