“Pérolas” africanas somam e seguem no Africano de Brazzaville

Depois de vencer, por 33- 24, ontem, o Congo Democrático, as pérolas africanas defrontam esta noite o Congo-Brazzaville, para o fecho do grupo B do Campeonato Africano sénior feminino de andebol, às 18:00

Hoje, a Selecção Nacional de andebol em sénior feminina defronta o Congo Brazzaville, anfitrião, em jogo de encerramento do grupo B do Campeonato Africano da modalidade, às 18:00. Em caso de vitória, esta tarde, as “pérolas africanas” terminam na primeira posição da série com oito pontos e asseguram o apuramento aos quartos-de-final. Para que se concretize esta pretensão, as campeãs continentais são obrigadas a não facilitarem as donas de casa. Apesar do favoritismo atribuído às comandadas de Morten Soubak. As angolanas terão de justificar dentro da quadra o seu poderio de modo a não serem surpreendidas.

Apesar de jogarem perante os seus adeptos, as jogadoras do Congo-Brazzaville reconhecem as qualidades da turma angolana. Ou seja, as anfitriãs tudo farão para vencer a Selecção Nacional, porque acreditam que nada é impossível. Ontem, o combinado angolano venceu, por 33-24, a República Democrática do Congo, em jogo referente à quarta ronda do grupo B do Africano. Com a vitória, as pérolas africanas isolam- se na liderança da série com seis pontos, ao passo que as congolesas descem para a segunda posição com cinco.

Deste modo, a selecção angolana e a sua similar da RDC já estão apuradas para a outra fas da competição organizada pela Confederação Africana de Andebol. Para esta ronda, a selecção da Guiné Conacri venceu, por 42-22, a sua similar do Marrocos, em jogo de abertura da ronda quatro do grupo B do Africano, prova que decorre no Congo-Brazzaville. Nesta jornada, a equipa anfitriã, que soma três derrotas, não jogou por imperativo de calendário.