OPEP decide cortar um 1 milhão e 200 mil barris/dia já em Janeiro

A OPEP e os países não OPEP decidiram ontem, em Viena, Áustria, que vão reduzir, já a partir de Janeiro próximo, a produção em um milhão e 200 mil barris/dia

De acordo com a decisão saída no final da 175ª reunião, o corte será repartido em 800 mil barris para OPEP e 400 mil barris para não OPEP. Essa decisão será efectivada por período inicial de seis meses, devendo ser avaliada em Abril de 2019. A medida visa buscar estabilidade no mercado e revertar o declínio nos preços que se regista nos últimos dias. Ontem, por exemplo, o petróleo Brent, referência para as exportações angolana, abriu a sessão em baixa no mercado de Londres, ao cotar a 60,06 dólares norte-americanos.