Luzes, cores e glamour marcam 6ª edição do Modangola

Cerca de 60 modelos abrilhantaram o palco da 6ª edição do Modangola, com trajes de 12 estilistas provenientes dos vários pontos do país, num evento realizado no Domingo, 9, no Hotel Epic Sana, em Luanda

O evento decorreu sob o lema “Ouro negro século XVI, foi realizado pela agência de Tussole Models e teve início às 20 horas, com o desfile da colecção do estilista Polvo Real. Com base no lema do evento, o estilista apresentou trajes com desenhos que identificam o continente africano, como máscaras, rostos, animais e plantas. “Trouxe a colecção especificamente para o evento. Apresentei um estilo urbano, como t-shirt,casacos, calças, calções e túnicas”, enfatizou Polvo Real. O talentoso artista, que participa no evento pela primeira vez, disse sentir-se feliz por proceder à abertura do certame.

No mundo da moda há três anos, através da sua participação no Modangola, o artista constatou a necessidade de continuar a trabalhar, de modo a responder dignamente aos convites para eventos do género. O desfile prosseguiu com trajes do estilista Rui Lopes, com a colecção ”Modernidade”, composta por vestidos feitos com tecidos ocidentais e africanos. Para a presente colecção, Rui Lopes baseou-se em tons negros, que, segundo ele, caracterizam o continente africano. Quanto ao seu trabalho referiu que para além da beleza do continente, representada na mulher, a questão da modernidade pode ser traduzida com os padrões africanos. Nesta edição do Modangola, como tem sido habitual, fez-se a estreia de estilistas e modelos.

Rui Lopes, que tem uma carreira que se estende por mais de 20 anos, tido como uma das principais referências da moda no país, referiu que os novos talentos têm um grande potencial e uma carreira promissora. “Há uma reciprocidade em termos de benefícios, aprendizado e troca de experiências. Penso que é o melhor que há entre nós. Eles aceitam-me e eu também os aceito como sendo a nova geração”, considerou o artista.

Outros desfiles

Apresentaram ainda as suas colecções no evento os estilistas Costa Kuia, Manuela Soares, Graciano Chivalo, Mimi Cumona, Ozias Gunza, Justinovich, Franci, Aprumo, Afonso Cabral, G-stel e Thamar Machai. A estilista Manuela Soares apresentou o trabalho denominado ”Nature”, formada por trajes sociais, adequados para o dia-a-dia. Já Graciano Chivalo de Benguela, que trabalha na área há três anos, apresentou vários trajes, com destaque para o da Rainha Ginga. O estilista, que foi muito aplaudido pela inovação da indumentária, disse sentir-se lisonjeado pelo reconhecimento do seu trabalho. “Muitos estão acostumados a ver essa indumentária com tecidos africanos. Mostrei aqui uma rainha Ginga um pouco mais moderna, atendendo aos tecidos utilizados: o satin e rendado”, explicou. O encerramento do desfile coube à estilista Thamar Machai, proveniente de Cabinda, tendo apresentado a colecção “Simplicidade”, constituído maioritariamente por trajes de noite para casais.

Sobre o evento

O Modangola é um evento de moda que visa a promoção e fomento da indústria têxtil e de confecção produzida no país, contribuindo para o fomento no sector da produção nacional de roupas, calçados, acessórios e outros artigos de moda nas pequenas e medias indústrias. Pretende-se com o evento estabelecer um espaço privilegiado de promoção da Industria Têxtil, com sucesso, profissionalismo, reconhecimento público, lançamentos de novos talentos no sector e criar parcerias com todas as entidades públicas e privadas que venham a colaborar técnica e institucionalmente para o sucesso deste magno evento.

error: Content is protected !!