Comité de Havana destaca nova caminhada do MPLA na solução dos problemas

O primeiro secretário do MPLA do Comité da Comunidade de Havana (Cuba) Manuel Domingos Baptista, destacou a liderança do presidente do partido, João Lourenço, na busca de soluções para os problemas dos angolanos.

A manifestação foi feita este fim-de-semana em Havana (Cuba), no âmbito do 62º aniversário do MPLA, assinalado Segunda-feira, na qual o secretário sublinhou que a eleição do novo líder marcou um momento decisivo de mudança. Por seu turno, o segundo secretário do mesmo comité, Luna Chimin, afirmou ser este um momento de exaltação do papel “determinante” do MPLA e do seu presidente no combate à corrupção, à impunidade, à bajulação e ao nepotismo, como males sociais que enfermam a sociedade angolana, bem como na tomada de medidas com vista ao desenvolvimento sustentável do país.

No acto comemorativo dos 62 anos de existência do MPLA, foram recordados os nacionalistas que estiveram na origem do partido, bem como os dois últimos presidentes, António Agostinho Neto e José Eduardo dos Santos, sendo o primeiro pela forma como conduziu o processo de Luta de Libertação Nacional e proclamação da Independência Nacional e o segundo pela conquista da paz e preservação da unidade, da reconciliação e da reconstrução nacional.

Durante a actividade foram apresentadas comunicações sobre o Memorando do MPLA de 1956, “Os feitos do MPLA em prol de Angola e dos angolanos”, “O MPLA e as organizações sociais” e “O MPLA e as autarquias locais”. De igual modo, houve espaço para a Cultura, com a declamação de poesia e a apresentação de temas do cancioneiro angolano. O acto contou com a presença do embaixador de Angola em Cuba, José César Augusto “Kiluanji”, militantes JMPLA e da Organização da Mulher Angola (OMA).

error: Content is protected !!