Editorial: Só mesmo com o FMI

Angola aderiu ao sistema de divulgação de dados do FMI. Aplaudimos, isso é muito bom. É preciso implementar transparência na gestão da coisa pública, sobretudo na área financeira. Mas não pode ser apenas aqui. O que temos hoje, apesar de se ter gasto e de se continuar a gastar dinheiro, é um mar de páginas de Internet em construção ou simplesmente paradas em quase todas as instituições públicas, as que se mantém online e não são actualizadas. É quase impossível obter qualquer tipo de informação dos nossos organismos públicos por via das suas páginas na Internet. Talvez seja necessário descobrir-se por aí sistemas internacionais que obriguem os nossos gestores a prestar informação na Internet, porque de motu proprio, não vão lá. Não sabem dos danos que causam ao país.

error: Content is protected !!