Freiras desviaram 500 mil dólares para ir jogar em casinos

A dupla desviou fundos de uma conta relativa a propinas e donativos durante pelo menos uma década. Duas freiras que trabalhavam numa escola católica da Califórnia admitiram ter desviado 500 mil dólares, ou seja, 440 mil euros para jogar em casinos. As irmãs, identificadas pela BBC como Mary Kreuper e Lana Chang, trabalhavam na Escola Católica St James, em Torrance, perto de Los Angeles. A primeira foi inclusivamente directora da escola durante 29 anos e a segunda trabalhou como professora durante 20.

A dupla desviou fundos de uma conta relativa a propinas e donativos durante pelo menos uma década. E usou o dinheiro para viajar e jogar. Depois de terem sido descobertas e forçadas a admitir o que faziam, as irmãs, agora já reformadas, declararam-se arrependidas. A Igreja Católica de St James indicou que as irmãs expressaram esse “profundo arrependimento” e que a polícia foi informada. Porém, não foram apresentadas acusações criminais contra as duas freiras que pertenciam à Congregação das irmãs de São José de Chambéry.

“A nossa comunidade está preocupada e triste com esta situação e lamenta o dano causado na nossa relação com as famílias e a escola”, afirmou a congregação em comunicado divulgado através do seu website. A Arquidiocese de Los Angeles fez saber que a Igreja descobriu que o dinheiro estava em falta durante uma auditoria de rotina. Os pais das crianças que estudavam na escola foram também informados no início deste mês sobre o sucedido.

error: Content is protected !!