Feira do Dondo arranca sob o lema “Local Tradicional de Convergência Cultural e Negócios”

A feira, além da exposição de produtos artesanais, vai agregar palestras, oficinas demonstrativas, visitas guiadas aos sítios e monumentos históricos, espectáculos e concursos de canoagem e natação

A 9ª edição da Feira do Dondo, que se realiza na histórica vila do Dondo, no Município de Cambambe (Cuanza-Norte), entre os dias 14 e 15 vai permitir aos artistas provenientes de vários pontos do país exporem os seus produtos durante dois dias. A Feira decorre sob o lema “Dondo: Local Tradicional de Convergência Cultural e Negócios” e, além da exposição de produtos artesanais, vai agregar palestras, oficinas demonstrativas, visitas guiadas aos sítios e monumentos históricos, espectáculos de variedades e concursos de canoagem e natação.

O evento de carácter anual é realizado num momento em que se pretende reconstituir a história sobre o entreposto comercial desta região, transformando-o num roteiro turístico e cultural, que passa pelos sítios e lugares de memórias. Esta actividade tornou-se já uma marca nacional, cuja pretensão é que o seu alcance tenha dimensão internacional conjugando história, cultura, turismo e negócios, e se realize num contexto em que o país está mobilizado para a realização de novos desafios, nomeadamente o da diversificação da economia e uma atenção particular ao domínio do artesanato e do turismo cultural e religioso.

Dessa feita, o Ministério da Cultura e o Governo da Província do Cuanza-Norte convidam os empresários e aqueles que abraçam a Cultura, as artes e o turismo interno a participarem no evento com vista a prestigiar e a desenvolver a Cultura e o turismo nacional. Consta que, com a realização da feira, pretende-se dar continuidade ao processo de reconstituição do antigo interposto comercial do Dondo, que constitui o ponto de convergência das rotas comerciais do norte e sul do país.

error: Content is protected !!