Editorial: melhor cá ou lá

Por: Redacção OPaís

Angola poderá, como outras nações africanas e do mundo, reclamar por peças artísticas e culturais daqui saídas, normalmente roubadas e que estão em museus e colecções estrangeiras.

É um pouco da nossa alma que nos foi tirada. Porém, olhando para o que aconteceu aos arquivos das nossas instituições e aos museus durante a guerra, o descaso a que se votou a arte e a memória.

E ainda agora a forma como são tratados os nossos museus e o seu espólio, é bom que o regresso das peças não signifique o início da sua degradação e perda. Manter museus é caro, mas é possível, com a sua devida exploração comercial, o que por aqui não acontece. Não se lhes dá importância. Se for para estragar, melhor deixar por lá por algum tempo.

error: Content is protected !!