Campeãs africanas recebidas em festa

Ontem, a Selecção Nacional sénior feminina de andebol, 13 vezes campeã africana, foi recebida em apoteose no Aeroporto Internacional 4 de Fevereiro, em Luanda. Albertina Cassoma revelou a O PAÍS o segredo do sucesso

Ao cair do dia princípio de noite de ontem, Sexta-feira, a Selecção Nacional sénior feminina de andebol regressou ao país proveniente do Congo-Brazzavilhe, palco do Africano, transportada pela companhia aérea nacional, TAAG. De ouro ao peito, ou seja, com o 13º título continental para o seu histórial, as Pérolas foram recebidas na Sala de Protocolo do Aeroporto Internacional 4 de Fevereiro, em Luanda, por distintas personalidades, com destaque para o secretário de Estado para Desportos, Carlos Almeida, e o governador de Luanda, Adriano Mendes de Carvalho.

De igual modo, o antigo presidente da Federação Angolana de Andebol e actual ministro das Finanças, Archer Mangueira, o vice- presidente do Comité Olímpico Angolano (COA), Mário Rosa, entre outras individualidades dos diversos sectores da sociedade angolana. Aproximadamente uma hora foi quanto durou a cerimónia na Sala de Protocolo do Aeroporto Internacional que ficou marcada pela emoção e alegria dos presentes.

Já na parte exterior da sala supracitada, as campeãs africanas foram recebidas com canções dos adeptos e familiares, que se mostraram bastante radiantes pelo feito das meninas. As 12 rainhas africanas com o sorriso nos rostos encerram a festa no Aeroporto Internacional com a famosa dança da família.

error: Content is protected !!