Petro sai de Kinshasa com a vitória na bagagem

POR: Kiameso Pedro

Ontem, no tapete sintético do Mártires, o Petro de Luanda derrotou o Association Sportive Nyuki da RDC, pela margem mínima de uma bola sem resposta, em desafio a contar para a primeira mão da segunda eliminatória de acesso à fase de grupos da Taça da Confederação Africana, vulgo Nelson Mandela. Por conta de uma exibição digna de realce, o Petro de Luanda não teve dificuldades para ultrapassar o Nyuki local, que durante a contenda demonstrou enormes fragilidades, sobretudo no que diz respeito ao capítulo defensivo.

Além disso, os “congoleses” dificilmente faziam um remate enquadrado à baliza à guarda de Gerson. Durante os 90 minutos, o Petro Atlético escreveu na folha de jogo um elevado grau de concentração e organização. Face a isso, os “tricolores” do Eixo-Viário, liderados pelo técnico hispano-brasileiro, Roberto Bianchi, adiantaram-se no marcador por intermédio do “irrequieto” Vá, ao cabo dos 29 minutos.

A par disso, o embaixador angolano deixou transparecer em Kinshasa, que pode atingir vôos altos na prova continental. Para chegar a esta fase, o Petro de Luanda deixou pelo caminho o Orapa United FC (Botswana), com o resultado exorbitante (6- 0), no cômputo das duas mãos. A segunda mão da prova sob a égide da Confederação Africana de Futebol (CAF) está agendada para o dia 21 de Dezembro, no Estádio Nacional 11 de Novembro, em Luanda.

error: Content is protected !!