Secretário do Interior dos EUA deixará cargo no fim do ano

O secretário de Interior dos EUA, Ryan Zinke, deixará o cargo no fim do ano após quase dois anos, disse o Presidente Donald Trump Sábado, na mais recente baixa de seu governo. Trump não explicou a razão para a saída de Zinke. Contudo, o ex-fuzileiro- naval e ex-congressista de Montana tem sido alvo de questionamentos sobre o uso de seu aparato de segurança, a contratação de voos fretados e um negócio imobiliário.

“Ryan agiu com muita competência e quero felicitá-lo pelo serviço que prestou à nossa Nação”, disse Trump no Twitter. “O Governo Trump anunciará o novo secretário de Interior na próxima semana”, acrescentou. À frente da secretaria, Zinke trabalhou em prol da agenda de Trump de promover a exploração de petróleo e a mineração de carvão, expandindo as concessões federais, cortando taxas de royalty e reduzindo as protecções sobre o solo.

Zinke, de 51 anos, foi um dos mais activos membros do gabinete de Trump, reduzindo enormes áreas de protecção natural no estado de Utah a uma fracção do seu tamanho original e propondo exploração de petróleo no Ártico, Pacífico e Atlântico.

Tornou-se muito apreciado nos meios industriais de energia e mineração e alvo preferencial de grupos de protecção ao meio ambiente. Críticos também questionam a postura ética de Zinke. Alguns actos seus resultaram na abertura de investigações pelo Governo.

error: Content is protected !!