Concorrente das Filipinas eleita Miss Universo 2018

A vencedora escolhida entre 93 países, incluindo Angola, recebeu a coroa da modelo sul-africana Demi-Leigh Nel-Peters, disse que a sua mãe sonhou queela ia ser rainha quando tinha 13 anos

Tamaryn Green, da África do Sul, e Sthefany Gutierrez, da Venezuela, ficaram em segundo e terceiro lugar, respectivamente. A Miss Universo 2018 sucede a Demi-Leigh Nel-Peters, da África do Sul, a vencedora de 2017. A modelo Catriona Gray, de 24 anos, representante das Filipinas, foi eleita Miss Universo 2018, numa cerimónia realizada no Domingo, 16, em Bangcoc, na Tailândia. A vencedora escolhida entre 93 países, incluindo Angola, recebeu a coroa da modelo sul-africana Demi-Leigh Nel-Peters, disse que, quando tinha 13 anos, sua mãe sonhou que ela ganharia o concurso com um vestido vermelho.

Por isso, ela escolheu o traje que usou durante a premiação. No seu país, onde o concurso é bastante popular, houve festa, principalmente na província de Albay, onde nasceu a mãe, de acordo com a ABC. O escritório do Presidente filipino Rodrigo Duterte rapidamente deu os parabéns à vencedora, que é a quarta filipina a ser nomeada Miss Universo.

“Gray realmente deixou o país orgulhoso ao mostrar as qualidades genuínas que definem a beleza da filipina: confiança, graça, inteligência e força diante de desafios difíceis”, afirmou em comunicado. Tamaryn Green, da África do Sul, e Sthefany Gutierrez, da Venezuela, ficaram em segundo e terceiro lugar, respetivamente. O 67.º concurso de Miss Universo teve sete mulheres como júris, incluindo ex-vencedoras do concurso, empresárias e uma “designer” de moda. Ao todo, 94 mulheres participaram da 67ª edição do Miss Universo.

error: Content is protected !!