Rússia admite adicionar outros estados ao pacto nuclear

O presidente russo, Vladimir Putin, disse na Terça-feira que não há nada que impeça que a Rússia e os Estados Unidos concordem que outros países possam aderir ao Tratado de Forças Nucleares de Intermediário assinado por Washington e Moscovo durante a Guerra Fria.

Os Estados Unidos acusaram a Rússia de desprezar o pacto nuclear, alegações que Moscovo nega e ameaçaram retirar-se. Outros países são capazes de desenvolver mísseis proibidos pelo tratado porque não são signatários. “O que é que impede que as negociações sobre eles entrem no acordo actual ou que se comece a discutir parâmetros para um novo acordo?”, perguntou Putin.

error: Content is protected !!