Secretária do PR celebra Natal com comunidade San do Quipungo (Huíla)

A secretária do Presidente da República para os Assuntos Sociais, Fátima Viegas, conviveu nesta Quarta-feira, 19, com crianças da comunidade San da comuna de Vikungo, município de Quipungo

POR: João Katombela, no Lubango

A 130 quilómetros da cidade do Lubango, capital da província da Huíla, o convívio insere-se nas celebrações da quadra festiva(Natal e Ano Novo), e durante o qual procedeu à entrega de alguns bens alimentares e vestuários. Dentre os vários bens, destacam- se arroz, fuba, óleo alimentar, conservas, sabão, cobertores e uma junta de bois. Após a entrega destes bens, a secretária reconheceu que as ofertas não irão resolver as prementes necessidades desta comunidade, mas apenas minimizá-las.

“Nós procedemos à entrega de alguns bens que, na verdade, não vão resolver na totalidade os problemas, mas acreditamos que este é o primeiro passo para acalmar os principais problemas desta comunidade” disse. Refira-se que, numa visita efectuada este ano pelo Presidente da República, João Lourenço, à Huíla, durante a qual recebeu o líder dos San, Zeferino Periquito, este apresentou várias preocupações. Entre elas, constavam a falta de alimentos, de medicamentos, bem como a continuação dos seus hábitos e costumes, e tinha pedido a João Lourenço a autorização da caça nas zonas do Parque Nacional do Bicuar, para mitigar o problema da fome.

Outras comunidades

Na província da Huíla, esta não é a única comunidade que carece de ajudas deste género, mas há também outras como os himbas e vátuas, que residem no município dos Gambos. Fátima Viegas garantiu que o Governo, num curto espaço de tempo irá também resolver os problemas destas comunidades, cuja região é assolada por uma estiagem prolongada que dura há vários anos. Durante a visita inteirou-se das dificuldades que a comunidade San vive e prometeu levá-las ao Presidente da República para encontrar solução. “Sabe-se que os problemas não são resolvidos da noite para o dia, ou num estalar de dedos, o Governo Provincial da Huíla tem conhecimento das dificuldades vividas pelas comunidades dos Gambos, e a seu tempo serão resolvidos”, disse.

error: Content is protected !!