Antigos combatentes beneficiam de residências no Namibe

Duzentas residências construídas nas centralidades da Praia Amélia e 5 de Abril, município de Moçâmedes, província do Namibe, serão distribuídas para os antigos combatentes e veteranos da pátria.

O facto foi divulgado Sexta-feira, na cidade de Moçâmedes, pelo vice-governador provincial para a área Técnica e Infra-estrutura do Namibe, José António, durante um encontro com antigos combatentes, tendo referido que em cada uma das duas centralidades existem cem casas para essa franja da população.

Apelou aos interessados nas residências a inscreverem-se e entregarem a sua documentação na empresa Imogestim, que está a gerir as centralidades de Moçâmedes, no sentido de serem contemplados com uma casa. Em declarações à Angop, no local, o director em exercício do Gabinete Provincial dos Antigos Combatentes e Veteranos da Pátria do
Namibe, Avito Sebastião, afirmou que já recebeu 160 processos de alguns assistidos que pretendem adquirir uma residência numa das centralidades. “Temos já em nossa posse 168 processo de antigos combatentes interessados nas casas.

Assim que começar a segunda fase das vendas das residências daremos entrada dos documentos, para os nossos assistidos habilitarem-se a uma residência”, frisou.

Lembrou que, neste ano, 248 assistidos do município de Moçâmedes, entre antigos combatentes e deficientes físicos de guerras, beneficiaram de cursos de formação profissional de carpintaria, construção civil, serrilharia, electricidade, canalização, pintura, agricultura, ente outros ofícios.

Apontou, por outro lado, a falta de transporte para levar os pacientes ao Hospital Militar da Região Sul e ao Centro Ortopédico do Lubango, província da Huíla, para consultas de especialidade, avaliação médica e reabilitação física, como uma das dificuldades do Gabinete Provincial dos Antigos Combatentes e Veteranos da Pátria do Namibe.

Para atenuar esse problema, o director provincial da Saúde do Namibe, Franco Mufinda, colocou à disposição dos antigos combatentes uma ambulância do Instituto Nacional de Emergências Médicas (INEMA) para transportar os pacientes aos hospitais de referência da província da Huíla.

O Gabinete Provincial dos Antigos Combatentes e Veteranos da Pátria do Namibe controla mil e 490 membros.

error: Content is protected !!