Acidentes de viação causam 12 mortos em Benguela e Luanda

Seis pessoas morreram na noite de quarta-feira, 26, em consequência da colisão entre um camião e um automóvel na estrada nacional 105, no troço Catengue/Kalohanga, na província de Benguela.

De acordo com o chefe do departamento de Prevenção Rodoviária da Polícia de Viação e Trânsito, Inspector-chefe Silva Canguengue, que falava hoje à Angop, o acidente ocorreu por volta das 20h00, quando os veículos colidiram frontalmente, tendo causado a morte imediata dos seis ocupantes do turismo, de entre os quais uma criança de dois anos.
Presume-se que a falta de prudência do condutor do turismo, pavimento escorregadio e o excesso de velocidade estiveram na base do acidente entre o camião, que transportava gado bovino, e a viatura de marca Suzuki Swift.
Segundo o Inspector-chefe Silva Canguengue, os seis ocupantes do turismo eram residentes na província da Huíla.
Silva Canguengue informou que, em função da forte colisão, os corpos das vítimas ficaram encarcerados, e só foi possível o resgate após um trabalho de oito horas do corpo de bombeiros.
O motorista do camião encontra-se detido no Serviço de Investigação Criminal, onde será ouvido, enquanto os cadáveres já se encontram na morgue do hospital-geral de Benguela, aguardando pelo reconhecimento dos familiares.

Outras seis morrem no  Icolo e Bengo

Ainda esta quarta-feira outras seis pessoas, das quais dois pares de gémeos, de 24 e 32 anos de idade, membros da mesma família, morreram carbonizados no KM-44, município de Icolo e Bengo, em Luanda, depois de uma colisão do Segundo dados da Unidade de Trânsito de Luanda a que a Angop teve acesso hoje, quinta-feira, os gémeos são primos em primeiro grau, filhos de irmãos.
As duas outras vítimas mortais, também membros da mesma família, são um primo e um cunhado.
A fonte da unidade de trânsito refere que as vítimas se encontravam a conviver no KM-44, mas decidiram dirigir-se a Catete e, pelo caminho, aconteceu o infortúnio.
De acordo com a Polícia, o acidente foi causado por excesso de velocidade e negligência por parte do motorista do carro das vítimas.
A viatura ligeira, conduzida pelo cunhado, colidiu com outra, também ligeira, proveniente de Ndalatando, Cuanza-Norte, tendo causado, igualmente, ferimentos graves a duas pessoas que foram encaminhadas para uma unidade hospitalar.automóvel em que viajavam com outra viatura.

 

error: Content is protected !!