Estudante Ricardo Mpova apresenta “A fonte da inspiração” em Luanda

Depois de ter lançado a sua primeira obra poética “A fonte da inspiração” no Brasil, em Setembro, o estudante angolano Moisés Ricardo Mpova lança hoje a venda do livro com sessão de autógrafos, hoje, às 17 horas e 30 minutos, na União dos Escritores Angolanos (UEA)

O livro será apresentado pela escritora Fernanda Gonga e prefaciado pelo Engenheiro Mecatrônico Robespierre Moniz. Possui 75 poemas e contos poéticos, que mostram aspectos sociais do continente africano, como a alegria e as diversidades linguísticas.

Com esta obra, Ricardo Mpova pretende promover o respeito e incitar a preservação das línguas nacionais a nível do continente. Segundo o autor, a questão da diversidade linguística no continente africano deve ser preservada, pelo facto de servir como património cultural para as gerações vindouras.

O estudante disse sentir-se feliz com o lançamento do livro no seu país e considerou o acto de grande impacto na vida profissional, tendo superado as suas espectativas.

“Depois do lançamento no Brasil, o livro teve uma maior aparição em Angola. As pessoas fizeram reservas à distância e pude sentir o calor do povo angolano mesmo distante”, enfatizou.

A obra foi considerada uma das melhores lançadas no ano em curso, pela Academia de Letras e Artes de Florianópolis, em Santa Catarina, no Brasil e resultou ainda no Antónia Gonçalo convite para participação em outros livros. Homenagem Ricardo Mpova, estudante do curso de Engenharia Mecânica na Universidade Federal de Santa Catarina, foi homenageado no mês em curso pela Academia de Letras e Artes de Florianópolis, pelo lançamento do livro.

O estudante, que é membro desta académia desde o ano em curso, realçou que o reconhecimento é um acto que engrandeceu a cultura angolana. “Fiquei muito emocionado quando me chamaram “o escritor angolano”, para ser homenageado na categoria de Lançamento de Obras 2018. Todo o reconhecimento é graças a este trabalho”, considerou.

Projectos

O estudante pretende ainda apresentar o livro no Cuanza-Sul, no Instituto Nacional de Petróleos (INP), em Angola, onde começou a escrever o livro. “Sentir-me-ei em casa, porque foi ali onde tudo começou. Quero mostrar aos meus colegas que é possível sermos engenheiros e escritor”, aferiu. Ricardo Mpova actualmente frequenta a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), no curso de Engenharia Mecânica e disse que pretende apresentar o livro em Paris no próximo ano.

error: Content is protected !!