Luto: Cantora e compositora brasileira Miúcha morreu aos 81 anos

a cantora e compositora brasileira Miúcha morreu Quinta-feira com 81 anos de idade, no Rio de Janeiro, vítima de cancro, segundo o portal de notícias G1

Irmã de Chico Buarque e mãe de Bebel Gilberto, Miúcha estava em tratamento devido a um cancro e sofreu uma paragem respiratória, tendo falecido no Hospital Samaritano, no Rio de Janeiro. De acordo com o portal de notícias brasileiro, o funeral realizouse esta Sexta-feira no Cemitério São João Batista, na zona sul do Rio.

“Na música, na alegria, no optimismo e na vontade de pensar sempre no lado positivo da vida, Miúcha é um modelo (…) Ela deixou isso de bom para a gente”, afirmou na Quinta-feira a sua irmã Ana de Hollanda, também cantora e compositora e ex-ministra da Cultura do Brasil.Bebel Gilberto publicou uma homenagem à mãe no Instagram: “Para sempre no meu coração. Amo-te muito. Descansa meu amor… Saudades”.

Miúcha, apelido de Heloísa Maria Buarque de Holanda, nasceu no Rio e era filha do historiador e jornalista Sérgio Buarque de Holanda e da pintora e pianista Maria Amélia Cesário Alvim. Em criança, formou um grupo vocal com os seus seis irmãos, incluindo Chico Buarque.

Nos anos 60, foi estudar História da Arte para França, onde começou a fazer apresentações musicais na Europa. Em Itália, conheceu a cantora chilena Violeta Parra, que a apresentou a João Gilberto, com quem se casou. O casal foi morar para Nova Iorque, onde tiveram a filha Bebel.

Ao longo de mais de 40 anos de carreira, Miúcha lançou 14 discos e fez parcerias com artistas da bossa nova e da MPB. Entre os trabalhos mais marcantes como intérprete estão dois discos com Tom Jobim, em 1977 e 1979, e um álbum a solo, “Miúcha” em 1989. Em 1977, participou do musical “Os Saltimbancos”, adianta o G1. Apesar de ter ficado mais conhecida como intérprete, Miúcha também compôs algumas músicas como “Triste alegria” (1979), “Todo amor” (1980) e “No Carnaval de Olinda” (1982).

error: Content is protected !!