InSS no cunene regista receita abaixo de AkZ 331 milhões

Notas da de kwanzas, a unidade monetária de Angola, em Luanda, Angola, 09 de fevereiro de 2015. PAULO JULIÃO/LUSA

Trezentos e 52 milhões 366 mil e 252 kwanzas é o valor arrecadado durante o ano de 2018 pelo Instituto Nacional da Segurança Social (INSS) na província do Cunene, contra os 683 milhões 452 mil e 881 kwanzas em 2017. A baixa nas receitas arrecadadas é o resultado da desvinculação de 25 empresas, enquanto 15 remeteram as suas cartas de pedidos de paralisação das actividades devido a problemas financeiros.

A informação foi avançada esta Quarta- feira à Angop pelo chefe do INSS no Cunene, Boaventura Sayuka, referindo que 15 empresas estão com dívidas de um valor acumulado de nove milhões 913 mil e 666 kwanzas, cujo processo de liquidação poderá ser negociado.

No período em análise, 198 novos trabalhadores foram admitidos no sistema de segurança social, 42 novas empresas, entre públicas e privadas, foram inscritas, bem como o registo de 119 processos de solicitação para a reforma e 16 de mortes. O INSS no Cunene controla 16 mil e 442 trabalhadores e 691 empresas no sectores público e privado.

error: Content is protected !!