Averiguação de investimentos privados vai facilitar combate à corrupção

O jurista Albano Pedro entende que o Despacho Presidencial que circula nas redes sociais e cria um grupo de trabalho com o objectivo de proceder ao levantamento de investimentos privados realizados nos últimos tempos com o recurso a fundos públicos, poderá facilitar o processo de combate à corrupção

Em declarações a OPAÍS, o jurista afirmou que este grupo de trabalho poderá facilitar a produção de provas materiais que possam justificar a acusação, sobretudo do Ministério Público, sobre os alegados desvios feitos para estes investimentos.

O também comentador político reconheceu que o maior ‘bico de obras’ dos órgãos da administração da justiça, com realce para a PGR, reside na falta de produção de provas sobre antigos governantes supostamente envolvidos em casos de peculato.

do acrescentado que, deste modo, o combate ao monopólio de empresas privadas criadas com fundos desviados dos cofres do Estado sairá a ganhar.

O grupo de trabalho, que é coordenado pelo ministro de Estado e Desenvolvimento Económico e Social, Manuel Nunes Júnior (no documento que circula), dentre outras obrigações, deverá identificar as soluções e apresentar as medidas a serem aplicadas pelo Estado angolano.

Integra ainda os ministérios do Interior, da Economia e Planeamento, da Justiça e dos Direitos Humanos, dos Recursos Minerais e Petróleo, Inspeção Geral da Administração do Estado, representante da PGR, do SINSE, Director geral do SIE, director do SIC e PCA da Sonangol.

error: Content is protected !!