BI “regressa” ao Huambo, mas roubado em Luanda

No dia em que foi anunciada a retoma na emissão de bilhetes de identidade no Huambo, apesar de parcialmente, em Luanda o Ministério da Justiça e dos Direitos Humano anunciou o roubo de equipamento que paralisou o posto do Lar do Patriota

Ministério da Justiça e dos Direitos Humanos anunciou num comunicado ontem, em Luanda, a interrupção do normal funcionamento do Serviço de emissão de Bilhete de Identidade no Posto Móvel do Lar do Patriota, cito junto da Administração do Município de Belas, em função do roubo por indivíduos ainda não identificados de equipamentos ocorrido na madrugada do mesmo dia, naquela unidade móvel.

“Apelamos à máxima compreensão de todos, pelos transtornos criados e aconselhamos os utentes a deslocarem-se aos serviços mais próximos nomeadamente: Loja dos Registos do Kifica, Loja dos Registos do Camama, Posto Móvel do Camama, Siac Talatona, Nosso Centro, e Kilamba”.

O comunicado do Ministério da Justiça e Direitos Humanos não adianta qualquer previsão em termos de data para o retorno ao funcionamento do referido posto, mas diz ter comunicado o facto às autoridades policiais.

“A Policia Nacional”, diz o comunicado, “já esta a par da situação” e, “tão-logo os serviços estejam repostos serão comunicados atempadamente”.

Emissão parcial no Huambo O serviço de identificação civil e criminal retomou ontem, Segunda-feira, na província do Huambo, a emissão do Bilhete de Identidade (BI) em alguns postos, quase uma semana depois.

Citado pela ANGOP, o chefe deste serviço, Hélder Paulo Gomes, informou que a avaria no sistema já foi resolvida, faltando apenas no posto central, o maior da província, onde diariamente eram emitidos, em média, 150 bilhetes.

Informou que o problema técnico no servidor, em funcionamento desde 2009, poderá ser solucionado ainda esta semana, tendo em conta a elevada procura de cidadãos, já que estão em curso matrículas escolares.

Confirmou, porém, que no posto central já estão a ser impressos registos criminais, outro documento pessoal muito procurado nesta fase do ano, por ser exigido em algumas instituições escolares para efeito de matrículas.

error: Content is protected !!